Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010
Sou o Teu dançarino Tu és o meu palco Fixado em Ti como a flecha no alvo
Livre de toda realização Assim Tu podes Te mover Para dentro e para fora de mim
Sentado e enterrado Mergulhado neste mar de golfinhos Estamos duplamente nascidos
Eternos...
Libertos de todo nascimento e morte Tudo que escuto é Tua voz Tudo que sou é o Teu dom
Prazer...
Vida e morte O grande e o pequeno Tudo está sob Tua Vontade
Estou só em Ti e isto basta Tu és o meio Sou o princípio e o fim
Meu corpo é a minha oferta Tua Sabedoria, minha meta Tua Vontade, minha seta
Por Ti destruo o sonho O conhecimento E todas as oferendas.