Pular para o conteúdo principal

Liber Illuminábit Via

I

Terrível e amaldiçoado! Gritam os homens. Inferno é tudo o que eles veem. Ele mora na casa de Deus por um motivo: para desalojar dali todas as certezas. Assim, o mendigo vagará em sua fome e pobreza até que ele perceba ser um fraco e um caído. Portanto, ó rei, dispa de suas riquezas e siga o Senhor! Ele fará com que passes pelas abominações da terra com uma nova inteligência. No entanto, deverás, em primeiro lugar, ser livre para escolher esta nova condição. Abominação! Gritaram os que ficaram. Como voar com estas asas tão curtas? Gritam os incrédulos. Não percebe, o povo, que não é necessário voar para muito distante?

II

Cada um olha a terra de uma maneira e cada um realiza o Trabalho de acordo com sua Natureza. Há quem dê tudo e é chamado de bondoso. Há quem pouco dê e é chamado de enigmático. Um está despido por ter dado tudo, até aquilo que não tinha, e não tem mais riqueza e nem mesmo suas asas. Outro vem em ricas vestes, com suas asas abertas, e é dele toda a riqueza do mundo. Portanto, triste é a terra que não compreende o que eles são. A terra glorifica aquele que nada tem e pune aquele que é a própria riqueza da terra. Assim, um se ajoelha enquanto o outro se ergue em glória. Glória a ti, ó Senhor!

III

Escura é a noite e mesmo assim ele trabalha a terra, um local onde lhe disseram que nada nasceria. E ele limpa aquela terra para poder arar e o faz por amor, para mostrar um caminho seguro por entre tantos obstáculos, para aqueles que tateiam e são ameaçados pelos perigos da terra. Enquanto a maioria se esconde e teme os perigos da noite, ele sai para cultivar o seu campo, usando o que restou como adubo em sua terra negra. Ele saiu do conforto e da segurança da cidade e se aventurou, revolveu a terra e se encontrou sozinho. Sozinho, como sempre! Pois é da noite que o dia se ergue.

IV

Colocado para secar suas novas vestes, ele renasce: belo como a manhã. Ele sorri e brinca. Ele parece dançar inocente quer seja com o homem do povo, quer seja com o rei. Ele não trás boas novas, ele é a própria boa nova de uma conquista; ele é a sua Verdade. Se existe luz na terra do rei, ele é esta própria Luz. Se existe Inocência e Alegria, é dele que isto tudo emana. Livre e conhecedor, ele cria uma fortaleza e reúne nela os seus filhos. Para eles, ele conta antigas histórias e realiza antigos sacrifícios, mas de todo Conhecimento que é derramado sobre eles, a síntese é o da Liberdade, da Vida, do Amor e da Luz que são os objetivos de todos os seres humanos.

V

Então, em sua boca são colocadas novas e gentis palavras, pelo Amor que ele ainda não conhecia. Para aquele povo e para o rei, ele continuava sendo dois, quando na verdade não era mais. Assim, ele trouxe um novo Conhecimento e a terra, de joelhos, recebeu como um ato divino. Porém, cada homem e mulher ouviam aquilo que seus corações desejavam, uma vez que havia uma distância entre eles. No entanto, ele servia ao Amor em sua Vontade eterna. Sim. A eternidade era o que o fazia um mero serviçal. O que ele ouvia, ele ensinava, para o mais puro regozijo da terra, para reunir todos os seres ao redor do Entendimento e por mais distante que ele pudesse estar.

VI

E as rodas do tempo giravam na direção Daquela cujos lábios eram mais doces do que a morte. Onde todas as circunstâncias eram senão como um círculo de alegrias e êxtases. E aquele, cujo Caminho era o ponto, se recolheu em seu ventre e fez girar ainda mais depressa as rodas. Ao seu redor havia bestas selvagens e Aquela que era a mais Bela se fez carne, pois na terra e na carne está a riqueza tão cobiçada, e que por tantos amaldiçoados. No entanto, era ele o mais tolo de todos e o único que mantinha as rodas em movimento e Ela, como uma dama, se curvou sobre ele retirando para ele o seu último véu. Sim, retirando para ele o seu último véu.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não existe Deus senão o homem

Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei.Curiosamente estamos diante de um paradoxo e todo o paradoxo é em si mesmo engraçado, porque estimula perguntas cujas respostas levam tempo a serem respondidas, isto é, quando elas conseguem ser respondidas. Mas onde quero chegar? Estamos diante de uma nova religião, conhecida por Thelema e ela é, ao lado do Taoísmo e até mesmo do Budismo, uma religião que não possui deus ou qualquer divindade de adoração.Seria isso possível? Sim. Ela é uma religião além de qualquer adoração divina ou temor a um deus. Mas então, o que seriam aquelas divindades conhecidas como Nuit, Hadit, Ra-hoor-khuit, Hrumachis e tantas outras que surgem em diversos escritos? O que seria a tal Companhia do Céu descrito logo no início do Liber AL vel Legis? Ora, eles são neter, são neteru, uma expressão egípcia antiga que foi erradamente traduzida por deus ou divindades. Na verdade, o termo neter (plural, neteru) quer dizer simplesmente Essência ou Princípio. Assim temos o P…

A Serpente, a Pomba e o Dragão

porFrater A.A.A.N.Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei.Existe a serpente e a pomba, e é da Natureza da serpente devorar a pomba e é da Natureza da pomba precipitar a serpente à terra. Em algumas tradições a serpente recebe asas de maneira natural como alusão a sua capacidade de se locomover pelo tempo. Então, primeiramente, falemos da Natureza de cada uma – da serpente e da pomba – para depois dissertarmos sobre a Natureza que as une.A serpente é o lento arrastar do homem pela vida e este arrastar o leva a conhecer a terra. O conhecimento da terra deveria levá-lo a entender os pormenores e do entendimento surge a sabedoria, inexoravelmente. Aparentemente, e só aparentemente, o homem e a serpente são opostos, é pela cegueira de um e a frieza do outro que eles podem ser vistos em oposição. Mas é pela boca do homem que o veneno é inoculado na terra.Viajando pelo sul da terra, o deserto inóspito e infértil, o homem-serpente é representado por um simples risco no chão, uma linha viva…

TRATADO SOBRE O TAROT DE THOTH - VENDA DE LIVROS

Tratado Sobre o Tarot de Thoth (Crowley) Sérgio Bronze ​ 200 Páginas 14,5 cm Largura / 20,5 cm Altura ​ Um estudo pessoal e aprofundado sobre o Tarot do Crowley, tendo como base os ensinamentos contidos no Liber AL vel Legis. Um dos mais completos e explicativos textos sobre o Tarot de Thoth (Crowley) em língua portuguesa. ​ Vendemos para todo o Brasil e exterior. Envie o seu CEP para o cálculo do SEDEX. ​ O pagamento é realizado apenas por depósito bancário. O livro será enviado até um dia útil após a confirmação do pagamento ou através do envio do comprovante. ​ R$ 45,00 + taxa de envio